Ultimas Novidades

PROPAGANDA

Buscar no blog

Carregando...

#AltoSolimões - Seca prejudica o tráfego de embarcações no Alto Solimões


25/8/2016, quinta-feira

Foto: Seca do Rio Solimões Otto Farias / Rádios EBC

Em comparação com dados do ano passado, o nível do rio ainda está acima da média, como fala o representante da ANA em Tabatinga

Otto Farias – Repórter Solimões

Tabatinga (AM) - O nível do rio atingiu nesta quarta-feira (24/8), a marca de 3 metros e 44 centímetros. A informação é da Agência Nacional de Águas em Tabatinga (ANA).

Em comparação com dados do ano passado, o nível do rio ainda está acima da média, como fala o representante da ANA, em Tabatinga, Jaime Silva. “Em dois dias secou 14 centímetros, e a previsão é continuar baixando, mas continua acima da média do ano passado, então a previsão é que não seque muito nessa região, porque em setembro já vamos ter novamente outro repiquete”, comenta.

Com a seca do Rio Solimões, os mais prejudicados estão sendo as embarcações, informou o representante.

As embarcações mais prejudicadas são as que trazem mercadorias de Manaus para abastecer estabelecimentos comerciais na cidade. Outra situação é a falta de combustível para a usina de energia que por causa da seca do rio, tem demorado mais dias para chegar até os municípios, causando prejuízos aos moradores, devido às paralisações no fornecimento.

Segundo Jaime, o trecho Tonantins a Tabatinga, está sendo o mais seco da região.

Fonte: Rádio Nacional do Alto Solimões

Seja o primeiro a comentar

#Social - Em agosto/2016 completou sete anos sem a srª Sônia Maria de Souza


25/8/2016, quinta-feira

Foto: Arquivo BN

No mês de agosto de 2016, mais exatamente no dia 10/8, quarta-feira, completou sete anos do falecimento da srª Sônia Maria Salazar Costa de Souza, vítima da violência em nossa pequena cidade de Tabatinga (AM). Desde sua morte quase nada mudou, e o nosso objetivo de sempre recordar esse acontecimento é lembrar a quem possa interessar que nossa cidade sofre com a violência e que precisamos de ajuda.

Srª Sônia Maria Salazar Costa de Souza, deixa saudades a todos seus amigos. Mulher trabalhadora, mãe de família, e que contribuía para o desenvolvimento da sociedade, e que teve sua vida ceifada pela violência de nossa cidade.

Seja o primeiro a comentar

#Concursos - FUNAI abre processo seletivo para estágio em 2016


25/8/2016, quinta-feira

Foto: Site Ache Concursos

Estão abertas até o dia 02 de setembro, as inscrições para o novo processo seletivo da Fundação Nacional do Índio (FUNAI), que vai formar um cadastro reserva de estagiários de níveis médio, técnico e superior em várias cidades do país.


A Fundação Nacional do Índio (FUNAI) divulga desde o dia (18/8), quinta-feira da semana passada, o edital de um novo processo seletivo, organizado para formação de cadastro reserva com candidatos a estágio em diversas unidades do órgão por todo o país. O cadastro reserva permite que os candidatos aprovados no seletivo sejam convocados para as vagas que forem surgindo na FUNAI durante toda a validade do certame.

Para concorrer, os interessados devem ser alunos matriculados e que estejam frequentando efetivamente o curso de nível médio ou superior em instituições de ensino oficialmente reconhecidas pelo Ministério da Educação. A FUNAI oferece bolsa estágio nos valores entre R$ 203,00 (nível médio) e R$ 520,00 (superior), além de auxílio transporte no valor diário de R$ 6,00, por carga horária de trabalho de 20 ou 30 horas semanais.


A contratação dos estagiários será temporária e não gerará vínculo empregatício, se encerrando assim que o tempo definido expire. Das vagas que forem abertas, 10% estão reservadas para candidatos portadores de deficiência. Veja o edital.
Oportunidades

Para estudantes de nível superior há vagas para quem frequenta cursos de Gestão Pública, Recursos Humanos, Secretariado Executivo, Administração, Antropologia, Ciências Ambientais, Etnodesenvolvimento, Análise de Sistemas, Engenharia Ambiental, Arquivologia, Biblioteconomia, Ciências Econômicas, Geodésia/Cartografia, Geografia, Ciência da Computação, Comunicação Social, Letras, Serviço Social, Museologia e Direito.

Para os estudantes de nível médio regular e para aqueles que cursam nível técnico, há chances para Técnico em Administração, Técnico em Informática, Técnico em Agricultura, Técnico em Agroecologia, Técnico em Agropecuária, Técnico em Secretariado, Técnico em Desenho de Construção Civil, Técnico em Eletrotécnica, Técnico em Segurança no Trabalho, Técnico em Arquivologia, Técnico em Gestão Pública, Técnico em Recursos Humanos e Técnico em Meio Ambiente Integrado.
Inscrições e seleção

As inscrições poderão ser feitas até o dia 02 de setembro de 2016, exclusivamente no endereço eletrônico da empresa que coordena a seleção - www.superestagios.com.br onde também deverão ser respondidas as provas objetivas que selecionarão os candidatos.

As provas se darão de forma online e serão compostas por 30 questões objetivas, com 5 alternativas cada, sendo 10 de língua portuguesa, 10 questões de conhecimentos gerais (informática, raciocínio lógico e atualidades) e 10 questões de conhecimentos específicos (questão indígena no Brasil, comportamento no trabalho e relacionamento interpessoal).

O candidato terá dois minutos para responder cada questão, sem direito a substituição. As questões serão selecionadas no banco de dados e apresentadas de forma randômica, questão por questão. A prova online não poderá mais ser acessada após sua conclusão ou fim do prazo estipulado. O candidato que não realizar a prova ou realizá-la de forma incompleta, estará automaticamente eliminado do processo.

Logo após a realização das provas os gabaritos serão disponibilizados no mesmo endereço, já a classificação final da seleção, por local de estágio e curso, em lista de ordem decrescente de classificação das notas obtidas, será publicada nos sites www.superestagios.com.br e www.funai.gov.br, na data provável de 08 de setembro de 2016.

O período de estágio não será superior a dois anos, exceto para os portadores de necessidades especiais. O processo seletivo terá validade de um ano a partir da homologação do resultado, podendo ser prorrogado a critério da FUNAI.

Veja mais notícias de concursos no site Ache Concursos www.acheconcursos.com.br

Seja o primeiro a comentar

#Tabatinga-AM - Neste domingo, 28/8, tem prova do concurso da Funai em Tabatinga (AM)


24/8/2016, quarta-feira

Foto: Site Ache Concursos

Provas serão realizadas no próximo domingo (28/8)

Otto Farias – Repórter Solimões

Tabatinga (AM) - O concurso da Fundação Nacional do Índio (Funai) acontece, neste domingo (28/8), em todo Brasil. EmTabatinga (AM) as provas serão realizadas na Escola Municipal Jociêdes Andrade e Escola Estadual Pedro Teixeira.

O inscrito no certame deve ficar atento ao horário da prova, como acrescenta o auditor fiscal da Receita Federal em Tabatinga, Eduardo Tarcísio Soares Júnior.

O auditor informa que a falta de energia na cidade não vai atrapalhar a realização do concurso. Segundo ele, no domingo a energia será normalizada, para que as provas sejam realizadas tranquilamente.

Em Tabatinga, 278 pessoas estão inscritas no concurso da Funai. O responsável orienta também para levar documento com foto e caneta preta ou azul esferográfica.

Fonte: Rádio Nacional do Alto Solimões

Seja o primeiro a comentar

#Tabatinga-AM - "Novo lixão de Tabatinga", diz internauta através do WhatsApp ao BN


24/8/2016, quarta-feira

Foto: WhatsApp

Tabatinga (AM) – Recebemos ontem, dia (23/8), terça-feira, a foto ao lado com o seguinte comentário “Novo lixão de Tabatinga”.

Esse lixo da foto localiza-se na rua 1º de fevereiro, no bairro Vila Paraíso, e está cerca à Unidade de Pronto Atendimento - UPA.

Seja o primeiro a comentar

#Tabatinga-AM - “Gatos” na rede elétrica: crime, perigo e prejuízo

24/08/2016, quarta-feira

Arte: Blog Bocas e Notícias

Tabatinga (AM) - Um dos grandes problemas das concessionárias de energia elétrica é o famoso "gato" na rede elétrica e Tabatinga, com certeza, não está fora desta situação. Diretamente falando é um roubo de energia, afeta na arrecadação da empresa e causa prejuízo, e por uns pagam todos, por isso aumenta também a conta de energia elétrica para tentar cobrir o prejuízo dos "gatos".

Comenta-se que a Amazonas Energia não arrecada 50% do que distribui de energia elétrica em Tabatinga (AM), e nesse momento de racionamento de energia elétrica no nosso município é um bom momento para se falar sobre isso. E nós cidadãos não temos somente que cobrar, temos também que fazer a nossa parte. Além da corrupção que assola nosso país, ainda temos que aguentar mais esse prejuízo.

Na maioria das vezes o "jeitinho brasileiro" simboliza a criatividade do povo brasileiro em dar a volta por cima em situações difíceis. Infelizmente, muitos aplicam esse conceito para tirar proveito de alguma coisa e o furto de energia, o chamado "gato" na rede elétrica, é um bom exemplo disso. O problema é que além de prejuízos, essa prática pode colocar em risco a rede elétrica e o responsável pela ligação clandestina.

O que parece vantajoso para quem se utiliza desse recurso, na verdade é crime previsto em lei no artigo 155 do Código Penal. Quem cometê-lo pode ser condenado a uma pena que pode variar de um a quatro anos de reclusão, além de multa.

Mas há ainda outro risco, muito maior que ser pego: o de perder a vida. Quem faz uma ligação clandestina, normalmente sobe em um poste com cerca de 7,20 m de altura e vai acessar uma rede energizada. A pessoa pode receber uma descarga elétrica e perder a vida imediatamente.

As companhias de energia também levam prejuízo com o furto de energia. Mais de 27 mil gigawatts-hora, ou cerca de 8% do consumo do mercado elétrico brasileiro, são consumidos no país de forma irregular. São cerca de R$ 8,1 bilhões em prejuízo, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Se a prática não fosse comum, a Light, por exemplo, concessionária do Rio de Janeiro, poderia reduzir sua tarifa em até 18%, já que o custo do "gato" é repassado aos consumidores.

Os equipamentos elétricos também correm risco devido à queda na qualidade da energia e às constantes interrupções no sistema elétrico, aumento do número de ocorrências de falta de energia e danos à rede elétrica com o rompimento de condutores e com a queima de transformadores.

Recomenda-se a todos que não cometam esse ato criminoso, não apenas por ser contra a lei, mas também pelos riscos vitais. O prejuízo também chega ao seu bolso.

Com informações do Clamper Blog

Seja o primeiro a comentar

#Tabatinga-AM - Pesquisador americano visita Tabatinga para estudar fronteira

23/8/2016, terça-feira

Foto: Pesquisador americano em TBTradios//ebc//cc

Pitter Wood realiza estudo em parceria com a UFMG

Marcello Bahcana – Boa Noite Solimões

Tabatinga (AM) - Em entrevista ao programa Boa Noite Solimões da Rádio Nacional do Alto Solimões, Pitter Wood afirma que é PHD pela Universidade Estadual da Flórida nos Estados Unidos e está realizando pesquisa nas fronteiras brasileiras, pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O estudo visa identificar as diferenças culturais, sociais, econômicas e históricas das cidades fronteiriças.

Wood vai entrevistar professores, comunicadores e historiadores locais, além de imigrantes peruanos e colombianos que vivem no Brasil. A pesquisa vai resultar, segundo ele, em uma obra literária.

Fonte: Rádio Nacional do Alto Solimões

Seja o primeiro a comentar

#Eleições2016 - Quase 50% de Tabatinga vota nessas Eleições 2016


23/8/2016, terça-feira

Foto: Universo Ufes

Tabatinga (AM) – Conforme consulta feita no site do TSE nas eleições de 2012 Tabatinga (AM) possuía 26.910 eleitores, e agora em agosto de 2016 possui 30.111 eleitores e o município possui 61.028 habitantes conforme estimativa de 2015, quer dizer que quase os 50% dos eleitores de Tabatinga votam nessas eleições 2016, faltando apenas 403 votos para 50% ou seja 1,32%, para completar os 30.514 que é a metade dos habitantes do município.

Com informações do TSE

Seja o primeiro a comentar

#Tabatinga-AM - Caos: Duas horas sem energia e quatro horas com energia em Tabatinga (AM)

23/8/2016, terça-feira

Foto: Rondônia Dinâmica

Tabatinga (AM) – Desde o domingo passado, dia (21/8), a Amazonas Energia mudou a sua programação de cortes de fornecimento de energia, que antes que era para ser somente na madrugada, agora está no rodízio de duas horas sem energia e quatro horas com energia, previsto até 30/8.

A população ainda não se manifestou publicamente referente ao assunto, apesar de todos os transtornos que estão sendo causados. A cidade praticamente está às escuras com oito horas do seu dia.

Segundo a Amazonas Energia em seu último comunicado, o motivo pelo caos da energia elétrica em Tabatinga (AM) é a falta de combustível para a concessionária.

Seja o primeiro a comentar

#Tabatinga-AM - Estrada da Comara: Assaltos no final de semana passado

22/8/2016, segunda-feira

Foto: Carlos Gossel (Estrada da Comara)

Tabatinga (AM) -  Na Estrada da Comara final de semana passado houveram relatos de assaltos:

No sábado à noite, dia (20/8), às 19h, houve uma tentativa de assalto de celular de uma jovem, cerca de 17 anos. Populares moradores da Comara ouviram um grande grito na estrada, cerca à pista do Aeroporto de Tabatinga, e correram para socorrê-la, e os bandidos fugiram. A jovem na tentativa de assalto jogou seu celular na mata ao redor da estrada e começaram a busca pelo celular, mas não o encontraram. Na mesma noite, houve relato do roubo de uma motocicleta à mão armada, supostamente pelos mesmos bandidos.

No domingo de manhã, dia (21/8), às 6h, houve relato do roubo de uma motocicleta com espancamento da vítima, na cabeça, que estava dirigindo a motocicleta, sendo que a vítima voltou para cidade à pé, ela e mais duas pessoas. Também houve relato de um degolamento de um homem, cerca pista do Aeroporto de Tabatinga, em virtude de assalto, mas não conseguimos confirmar.

Segundo consta são quatro indivíduos armados que aterrorizam essa área isolada da cidade.

A Estrada da Comara é isolada da cidade e não tem iluminação pública, e á noite as pessoas se tornam alvos facéis.

Seja o primeiro a comentar

#Amazonas - Pescadores cobram Ministério sobre suspensão de registros

22/8/2016, segunda-feira

Foto: A Crítica

Apenas no Amazonas a suspensão do pagamento do benefício atinge mais de 17 mil profissionais
Sem o cadastro e carteiras, os pescadores artesanais não poderão receber o benefício, que é de um salário mínimo (R$ 880)

Antônio Paulo Brasília - Sucursal

Representantes da Confederação Nacional dos Pescadores e Aquicultores (Cnpa) estiveram ontem na Secretaria Nacional de Pesca, do Ministério da Agricultura, para obter respostas e providências sobre a suspensão de 186.106 registros de pescadores profissionais artesanais, ocorrida no mês passado. Somente no Estado do Amazonas, a portaria 11/2016 atingiu 17.025 pescadores artesanais (22,6%) dentre os 75 mil cadastrados.

Com a medida, o total de registros de pescadores suspensos hoje, em todo o País, é de 256.929 porque o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) já havia adotado, anteriormente, a mesma providência em relação a 70.823 pescadores profissionais artesanais. 
O Ministério justifica suspensão porque os pescadores não fizeram a manutenção do registro, mas explica que eles poderão voltar a obter o documento quando prestarem os esclarecimentos necessários.

A preocupação das lideranças dos pescadores brasileiros é com o pagamento do seguro-defeso. Sem o cadastro e carteiras não poderão receber o benefício que é de um salário mínimo (R$ 880).
“Fomos falar com o secretário nacional de pesca, que nos pediu mais prazo. Não temos mais tempo, o defeso começa agora em novembro na maioria dos Estados. Se os nossos pescadores artesanais não tiverem com esse documento em mãos, ficarão sem o benefício durante os quatro meses de defeso. Hoje, são 186 mil, mas há informações de que em breve outros 400 ou 600 mil pescadores terão suas carteiras suspensas pelo Ministério da Agricultura. Isso é muito preocupante, por isso, queremos uma solução o mais rápido possível”, declarou ontem o presidente da Federação dos Pescadores do Amazonas e Roraima, Walzenir Falcão. 

Pagamento retroativo foi pedido ao STF

Os pescadores da Região Norte e de todo o Brasil estão em luta, desde o ano passado, para que o Supremo Tribunal Federal (STF) determine o pagamento retroativo do seguro-defeso, após decisão do ministro Luís Roberto Barroso que restaurou o pagamento do benefício suspenso em novembro de 2015 pelos Ministérios da Agricultura e Meio Ambiente. A liminar expedida por Barroso, em 14 março deste ano, estabeleceu o efeito “ex nunc”, com validade apenas a partir da decisão. Os pescadores e senadores da Amazônia pediram ao magistrado revisão na sentença com efeito “ex tunc”, que passe a valer a partir da data em que a Portaria 192/2015, do Mapa e MMA suspendeu o período do defeso e, consequentemente, do benefício aos pescadores. Até agora, não houve qualquer decisão do STF sobre essa retroatividade.

Fonte: A Crítica

Seja o primeiro a comentar